Clicky

Porque cachorro come fezes: Descubra o Real Motivo

Filhote de shih tzu

O ato de um cachorro comer fezes tem o nome científico de coprofagia. Muitos cães sofrem com esse mau hábito e os tutores ficam muitas vezes desesperados diante dessa situação. Se o seu cachorro come fezes, isso é algo que deve ser investigado.

Dessa forma, o primeiro passo é entender a origem do problema para o seu animal estar fazendo ingestão de fezes. Neste artigo você saberá como a coprofagia se desenvolve e qual o real motivo.

Índice

Porque cachorros comem cocô?

Shih tzu adulto correndo

A grande maioria dos casos de coprofagia canina está relacionado com a causa comportamental. Raramente os cães desenvolvem esse comportamento devido a problemas de saúde ou alguma doença (como a giárdia por exemplo).

Sendo assim, se o seu cão está com a saúde em dia e sem doenças, a solução não é levar ao médico veterinário, e sim utilizar técnicas adequadas de educação canina.

Ocasiões em que é normal

Existem 2 situações em que é normal o cão comer cocô. São exceções bem específicas, que muito provavelmente não são o caso do seu cão, mas que são interessantes de se conhecer para entender mais sobre o comportamento canino.

Mãe limpando o ninho

Pode acontecer de a mãe canina estimular o abdômen dos filhotes novinhos para que os mesmos defequem, e comer as fezes para limpar o ninho.

Filhotes de até 120 dias

Outro motivo para o cachorro comer fezes que não precisa de tanta atenção é quando o cãozinho está nos seus primeiros 120 dias de vida e come as próprias fezes. Nesse caso, se trata apenas de curiosidade e é perfeitamente normal. Mas se essa atitude se repetir por várias vezes, e continuar após os 120 primeiros dias de vida, não é normal e precisa de cuidados.

Se você tem se questionado: “porque meu cachorro come fezes?”, veja a seguir alguns motivos.

Alguns motivos que levam o cachorro a comer fezes

Labrador retriever adulto

Existem muitos motivos porque o cachorro come a própria fezes. Abaixo você encontra alguns dos problemas comportamentais que podem fazer os cachorros comerem fezes. 

  • Brigas e Broncas com o cachorro;
  • Xingamentos por tudo;
  • Pouca quantidade de comida;
  • Imitação do ato de recolher as fezes;
  • Algum tipo de disputas pelo dejeto;
  • Comportamento de curiosidade;
  • Busca de atenção para o cachorro;
  • Percepção de que o cocô é um recurso alimentar;
  • Deficiência de nutrientes;
  • Ansiedade;
  • Cachorros com tédio.

Estes são alguns dos motivos porque os cães comem fezes. Identificar quais desses motivos estão ocorrendo com seu cão é de extrema importância para conseguir resolver a coprofagia.

Coprofagia tem relação com a raça?

Labrador retriever preto deitado na grama

Embora algumas raças de cães tenham uma tendência maior a ter coprofagia devido a fatores genéticos, qualquer raça pode desenvolver esse problema, inclusive cães sem raça definida (SRD).

Em contrapartida, não significa que, só porque um cão é um exemplar de uma raça de maior incidência de coprofagia canina, ele necessariamente desenvolverá coprofagia.

Alguns exemplos de raças que tem mais propensão à coprofagia são: Lhasa Apso, Maltês, Labrador, entre outros.

O que fazer para o meu cachorro parar de comer fezes?

Golden retriever adulto

Para resolver a coprofagia é importante desenvolver treinos visando o bem-estar e melhorando a comunicação com o cão.

Dessa forma, esquecendo as brigas e broncas, estabelecendo uma rotina previsível e executando o treinamento para o cachorro se afastar das fezes logo depois que faz.

Assim, os pets que comem as necessidades perdem o interesse naquele conteúdo e conseguem entender que é mas vantajoso ignorar o cocô do que fazer a ingestão dele.

Entenda o seu cão

Nenhum cão deliberou por conta própria e levantou uma bandeira: “Vou comer cocô, custe o que custar! Liberdade para o comportamento coprófago!”, cães não agem assim e não pensam assim.

Por isso é importante entender como os cães aprendem e como treiná-los a mudar de conduta, e isso se consegue com o tipo de uma educação canina amigável.

Evite brigas, broncas e xingamentos

Golden retriever sentado

Do ponto de vista comportamental, ao contrário do que muitos acreditam, brigar não resolve, e apenas piora os problemas. Afinal, os cães não são como crianças que entendem o motivo de estarem levando bronca.

Brigas e broncas, não só no caso de coprofagia canina, mas em várias outras questões de comportamento canino, potencializam e aumentam os problemas.

O cão que sofre com coprofagia canina não compreende o porquê toma bronca ou porque seu dono fica zangado.

Esta falta de entendimento por parte do cão, faz com que ele aumente seus níveis de estresse e ansiedade, fazendo com que coma mais cocô.

Por este motivo, dar broncas é algo que você deve evitar ao máximo, em todas as situações.

Ensine um novo comportamento ao cão

Golden retriever deitado com sono

Os cães não conseguem eliminar um hábito ruim. Depois que aprendem um comportamento indesejado, é preciso ensinar um comportamento novo, e fazer ele entender que esse é mais vantajoso pra ele do que o antigo.

Utilize de forma abundante as recompensas e incentivos

Comportamentos considerados ruins por parte dos tutores nem sempre são encarados desta forma pelos cães. E o caso clássico disso é a coprofagia canina. Os cães coprófagos enxergam vantagens em comer cocô, veem o cocô como recurso alimentar.

Por conta disso é preciso reorganizar a cabeça do cão, ensinar um comportamento novo e mais vantajoso, recompensar este comportamento para que o cão que come cocô passe a valorizar mais as recompensas e os incentivos emocionais, do que o cocô.

Conclusão

Lulu da pomerania deitado

Agora que você já sabe quais são as causas mais comuns dos cachorros que comem fezes, você pode fazer com que o cãozinho da sua casa mude de atitude.

Dessa forma, o melhor jeito de fazer o seu cão parar de comer cocô é mudando o hábito dele com treinamento comportamental.

Se comprometer para o pet parar de comer coco é uma questão de saúde para o seu cachorro, para você, sua família e outros animais da sua casa. Por isso, tenha sempre em mente as razões para o seu cão estar comendo fezes e coloque em prática as soluções que foram aqui orientadas.

Se você deseja ter um passo a passo detalhado sobre como acabar com a coprofagia, conheça agora o Método COMER COCÔ NUNCA MAIS e consiga com que seu cão pare de UMA VEZ POR TODAS de comer cocô, clique no botão abaixo:

Perguntas frequentes

Como visto anteriormente, levar o seu cachorro ao veterinário não irá ajudar com o hábito de comer cocô.

Entretanto, em alguns casos raros, quando a causa é clínica, ou seja, quando o cão tem parasitas, vermes, verminoses, bactérias ou giárdia, por exemplo, o veterinário pode prescrever o tratamento clínico. Sempre se certifique de que a saúde do seu animal está bem e que as vacinas, vermífugos e antipulgas estão em dia.

Além disso, o alimento do cão deve ser adequado, por isso forneça uma dieta com ração Premium ou Super Premium, para assim evitar que o cão tenha deficiência de nutrientes.

Mas, mesmo tratando a parte clínica com um médico veterinário, a parte comportamental apenas você como tutor pode mudar. Tratar as causas comportamentais é fundamental para resolver de vez o problema. Este é o ideal: tratar todas as causas.

Ao ver seu cachorro comendo cocô, lembre-se que você nunca deve brigar com o seu pet, pois isso só estimula ainda mais esse comportamento. Apenas ignore e, depois que o cachorro se afastar por conta própria do cocô e estiver distraído, recolha os dejetos.

Uma das ações que você pode ter, ao invés de brigar, é ensinar o pet a fazer cocô no local correto e sempre dar uma recompensa quando ele não ingerir o dejeto. A recompensa dos cães pode ser petiscos, carinho ou até mesmo algum brinquedo.

Muitos tutores se perguntam porque cachorro come fezes de outro cachorro, o que também se caracteriza como coprofagia. As possíveis causas são as mesmas, independente se o cão come as próprias fezes, ou as de outro animal. Elas podem ser clínicas ou comportamentais, conforme informado anteriormente neste artigo.

Não é normal que cães comam cocô, e quando essa ação for identificada pelo tutor é preciso que ele leve a sério tal hábito, pois é sinal de que há algo de errado, e que precisa ser investigado. Como visto aqui, a coprofagia canina pode se originar devido a várias causas.

A alimentação é um fator que precisa de atenção em casos de cães coprófagos. As rações Super Premium são as mais indicadas para resolver o problema dos cães que comem fezes, porque possuem maior concentração de proteínas, de fibras e de minerais nas suas formulações.

Com a riqueza de nutrientes, esse produto ajuda a manter a sensação de saciedade dos pets por mais tempo, regulando a rotina alimentar do animal e proporcionando mais saúde ao animal.

Rafael Wisneski

Rafael Wisneski

Especialista em Comportamento Canino e Educação Canina há mais de 15 anos, professor universitário de cursos de Medicina Veterinária, e idealizador de cursos online para tutores e cursos para adestradores

Escrito por:

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigo relacionados

Qual É A Sua Dúvida?

Encontre A Solução Que Você Procura Sobre Coprofagia

Filhote comendo cocô